ÁREA EXCLUSIVA PARA ALUNOS
Login: Esqueci
a minha
senha
Senha:
<< Veja outras notícias     << Voltar para a Home
O ministro da Segurança Pública, confirmou que o edital do concurso PRF, será publicado em setembro.
29/08/2018

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, confirmou que o edital do concurso PRF, para 500 vagas de policial rodoviário federal, será publicado em setembro.

A divulgação do documento com as regras da seleção ainda depende da escolha da banca organizadora, que está em andamento. O edital está praticamente pronto, conforme já adiantou a própria corporação.

De acordo com o ministro, a informação de que o edital sai em setembro foi passada pelo próprio diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal, Renato Dias. "É o que está previsto. Ainda ontem o Renato me dizia isto", frisou Jungmann sobre o concurso da PRF, que já está autorizado oficialmente.

A declaração de Jungmann sobre o edital do concurso PRF foi passada durante um encontro realizado no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, no Rio de Janeiro, na última terça-feira, 28.

O ministro da Segurança esteve com o presidente do IBGE, Roberto Olinto, para discutir uma parceria com o intuito de incluir no censo novos indicadores de Segurança Pública.

Superintendente da PRF também aponta edital em setembro

O novo superintendente da PRF em Pernambuco, Alexandre Rodrigues da Silva, tomou posse na segunda-feira, 27, e declarou que o concurso "deve ser aberto no próximo mês". 

Embora a corporação não tenha se posicionado oficialmente, essa deve ser a nova previsão, visto que agosto já está chegando ao fim e não haverá mais tempo hábil para o edital ser divulgado.

Inicialmente, a PRF trabalhava com o intuito de publicar o edital em agosto, uma vez que a seleção é tida como prioridade. O prazo foi passado pelo próprio setor de concursos da corporação, logo após a publicação da portaria autorizativa. No entanto, a demora na escolha da banca atrasará a previsão e deve confirmar a informação de setembro.

Ainda durante a cerimônia de posse do novo representante da PRF em Pernambuco, foi citada a quantidade de policiais que o estado receberá com o novo concurso. De acordo com Alexandre Rodrigues, a região receberá 14 policiais para ajudar, principalmente, nas delegacias do Sertão. A distribuição por estado ainda não foi confirmada oficialmente.

Comissão realiza reuniões para definir últimos detalhes

A publicação do edital do concurso PRF é questão de tempo. A comissão responsável pela seleção realiza reuniões constantes para finalizar o processo de contratação da banca e finalizar detalhes da publicação. Tudo leva a crer que nas próximas semenas a corporação deve divulgar novidades, como o nome da instituição escolhida.

Ainda não se sabe qual o modelo de contratação foi o escolhido pela PRF, que deve ter optado por dispensa, por se tratar do formato mais ágil. Inicialmente, o setor de concursos informou que contaria apenas com três bancas na disputa pela organização do concurso. Dessas, o nome de duas foi revelado: Cebraspe e Iades. 

Logo após a notícia de que seriam apenas três bancas no páreo pelo concurso, outras instituições demonstraram interesse na seleção. Os candidatos, por sua vez, acreditam em mais uma vitória do Cebraspe, já que a banca foi a responsável pelo último concurso e, também, venceu recentemente a disputa para organizar o concurso da PF, tendo um histórico favorável em seleções de âmbito nacional e da área da Segurança.

O que precisa ter para concorrer?

Requisitos  o candidato precisará ter de 18 a 65 anos de idade (o limite máximo de idade não constou no último edital, mas consta na lei de criação do cargo). Podem concorrer homens e mulheres e a escolaridade exigida é o ensino superior completo, em qualquer área de formação. A PRF exige ainda que o candidato tenha carteira de habilitação, na categoria B ou superior.

Remuneração  a remuneração inicial do cargo de policial rodoviário federal é de R$9.931,57 em 2018 e passará para R$10.357,88 em 2019. Os valores já incluem o auxílio-alimentação, que atualmente é de R$458.

Conheça o cargo

O cargo de policial rodoviário federal foi criado em 23 de julho de 1935, sob o nome de inspetores de tráfego. Por esse motivo, na data é celebrado o Dia do Policial Rodoviário Federal.

Estão entre as atribuições dos policiais rodoviários federais as seguintes atividades:

·         Preservar a ordem, a segurança pública e o patrimônio da União, por meio do patrulhamento ostensivo das rodovias federais;

·         Atuar na prevenção de acidentes e realizar o atendimento a vítimas nas rodovias federais;

·         Realizar o policiamento, a fiscalização e a inspeção do trânsito e do transporte de bens e pessoas;

·         Exercer os poderes de autoridade de trânsito, autuando infratores, cobrando e arrecadando multas;

·         Assegurar a livre circulação das vias, especialmente em casos de acidentes de trânsito, manifestações sociais e calamidades públicas;

  • Realizar a escolta de autoridades nacionais e internacionais, quando solicitado.

O órgão conta com as seguintes lotações:

 Sede, em Brasília
 27 superintendências regionais
 150 delegacias
 413 unidades operacionais
 Total de mais de 550 unidades em todo o país

 

 

<< Veja outras notícias
 
Copyright © CEC - Concursos e Editora Curitiba
Rua Lamenha Lins, 80 - CEP 80250-020 - Centro - Curitiba / PR | PABX: (41) 3322.8281
Entre em contato | Veja como chegar
Horário de Atendimento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h,
e aos sábados, das 8h às 12h.